UnB, UFPA, UFCE, UFAL, UFPB, UFMG.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

UnB, UFPA, UFCE, UFAL, UFPB, UFMG.

Mensagem  julioclausi em 13/9/2007, 2:44 pm

Atividades políticas marcam Dia Nacional de Paralisação

Docentes de universidades federais das diferentes regiões do país paralisaram suas atividades hoje (13/09), em protesto contra a postura do governo federal de não abrir negociações efetivas com a categoria.

Os professores reivindicam reajuste salarial imediato e a revogação do decreto que instituiu o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI e da portaria interministerial que criou o banco de professor equivalente.

Os docentes da Universidade de Brasília - UnB se reuniram na porta do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – MPOG, a partir das 10h, para acompanhar a terceira reunião da diretoria do ANDES-SN com o secretário-executivo do órgão, Duvanier Paiva Ferreira.

O propósito dos professores era pressionar representante do MPOG a negociar com a categoria, já que, até o momento, o governo federal tem afirmado que não dispõe de recursos para aprovar um reajuste salarial para 2007. Além disso, o governo não apresentou contraproposta às reivindicações da categoria docente, protocolada desde maio.

Pelo Brasil - No mesmo horário, os professores da Universidade Federal do Pará – UFPA realizaram uma assembléia geral para avaliar o processo de negociação com o governo e, se for o caso, definir a data para o início da greve na instituição.

Os docentes da Universidade Federal do Ceará – UFCE também se reuniram em assembléia para discutir a Campanha Salarial 2007 e a construção da greve da categoria. Na Universidade Federal de Alagoas – UFAL, os professores compareceram à sede da seção sindical, para efetivar uma vigília simbólica.

A Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba - ADUFPB aproveitou a mobilização da comunidade acadêmica para discutir o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais – REUNI, um dos pontos da pauta de reivindicação da categoria.

O evento, que começou às 9h, contou com a presença dos debatedores Jaldes Reis de Meneses, membro do Consuni da UFPB, e do professor Antônio Lisboa, representante do ANDES- SN. Antes da realização do debate, os docentes promoveram um arrastão pelos corredores da universidade, convidando professores, funcionários e alunos a participar.

Na Associação dos Docentes da Universidade Federal de Mato Grosso, durante a paralisação nacional, os docentes optaram por realizar uma assembléia, às 14h, para discutir a reforma universitária.

Mesmo os professores da Universidade Federal de Uberlândia, que se encontram em férias, decidiram promover uma atividade política para marcar a data: uma reunião ampliada do colegiado na sede da seção sindical para discutir a perspectiva de deflagração de greve dos docentes das instituições públicas de ensino superior.


Fonte: ANDES-SN

http://www.andes.org.br/imprensa/ultimas/contatoview.asp?key=4688

julioclausi

Mensagens : 5
Data de inscrição : 13/09/2007
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum